LEIA AQUI na ÍNTEGRA ARTIGO sobre VIBRAÇÃO OCUPACIONAL

O Laudo Técnico de Vibrações é uma avaliação quantitativa de exposição às vibrações, sejam elas localizadas ou de corpo inteiro, em pontos determinados pela contratante, conforme anexo nº 8, da NR-15, do MTE.

 Será elaborado Laudo Técnico que constará de:

  •  Critério adotado;
  •  Instrumental utilizado;
  •  Metodologia de avaliação;
  •  Descrição das condições de trabalho;
  • Tempo de exposição às vibrações;
  • Resultado da avaliação quantitativa e as possíveis medidas para eliminação;

Outras informações:

As atividades e operações que exponham os trabalhadores, sem a proteção adequada, às vibrações localizadas, ou de corpo inteiro, serão caracterizadas como insalubres, através de perícia realizada no local de trabalho.

Portaria n.º 3214/78 do MTb – NR/15

A perícia, visando à comprovação ou não da exposição deve tomar por base os limites de tolerância definidos pela Organização Internacional para a Normalização – ISO em suas normas ISO 2631 e ISO/DIS 5349 ou suas substitutas.

Consequências da exposição a vibração nos trabalhadores

As operações e atividades que geram vibrações, podem afetar a saúde do trabalhador, causando diversas doenças tais como:

  • alterações neurovasculares nas mãos,
  • problemas nas articulações das mãos e braços,
  • osteoporose (perda de substância óssea),
  • lesões na coluna vertebral,
  • dores lombares,
  • etc…

Avaliação Quantitativa: Transdutor Piezoelétrico para medição de aceleração absoluta.

Vibrações Localizadas: São aquelas transmitidas normalmente às extremidades do corpo, especialmente, mãos e braços, tais como as prescritas por ferramentas manuais;

 Vibrações de Corpo Inteiro: São aquelas transmitidas ao corpo do trabalhador, na posição sentado, em pé ou deitado; por exemplo, as vibrações a que estão expostas os motoristas de caminhão, operadores de tratores, máquinas agrícolas, etc.

Laudo Técnico Pericial: Constarão obrigatoriamente do laudo de perícia:

  • o critério adotado;
  • o instrumental utilizado;
  • a metodologia de avaliação;
  • a descrição das condições de trabalho e o tempo de exposição às vibrações;
  • o resultado da avaliação quantitativa;
  • as medidas para eliminação e/ou neutralização da insalubridade, quando houver;

Como realizar o laudo de vibração na sua empresa ?

Consulte a SSO e conheça nossa soluções.